Ofertas

Os nossos Cavalos são família

Os cavalos são mais parecidos connosco do que imaginamos. São capazes de sorrir ou de se mostrarem tristes apenas com os movimentos da face e das orelhas. Para além disso, são dotados de uma sensibilidade que nos ensina muito sobre as nossas próprias emoções quando estamos junto deles. Possuem uma memória associativa aos estímulos e por isso preferem que sejamos verdadeiros e puros, nos gestos e nas intenções, para que nos leiam claramente sem margem para segundas interpretações.

Estas características fazem deles a companhia perfeita para passeios e momentos de lazer, ou experiências transformacionais de auto-conhecimento.

A Herdade da Matinha tem actualmente 10 cavalos das raças Puro Sangue Lusitano, Cruzado Português e Halflinger. Para nós são família e são tratados como tal.
Corleone
O Corleone chegou à Matinha em 2016. Ao início não se dava com nenhum dos outros cavalos, roubava-lhes a comida e chegou a líder do grupo, o que deu origem ao seu curioso nome. Assustava-se com humanos e não deixava que ninguém lhe tocasse. Decidimos que durante o Verão não lhe iriamos pedir nada, para se habituar à nova casa e descansar. Em Setembro treinámos durante uns dias e fomos tentando a sociabilização ao seu ritmo. Hoje é um dos cavalos mais afáveis e fáceis de montar da Herdade. Não se assuta com nada e é um excelente amigo e companheiro de passeio.
Mimosa e Miki
A Mimosa e o Miki são irmãos e chegaram à Matinha em 2009. São inseparáveis e andam sempre juntos pela Herdade. Onde está um está o outro. Parecem póneis mas na verdade são de uma raça Austriaca chamada Halflinger. As crianças adoram-nos e são os cavalos mais usados nos workshops e nos passeios com os mais pequenos. O Miki é o “cool”, sempre relaxado e de trote suave. A Mimosa com as crianças é muito calma e atenta mas nos passeios adora fazer trote nas descidas e quer ir sempre à frente. Ficar em segundo para ela é humilhação! Venha conhecer os nossos cavalos e descobrir como são parecidos connosco.
Óscar e Viriata
O Óscar e a Viriata chegaram em 2010. São os dois Puro Sangue Lusitano. A Viriata antes de vir para cá foi treinada para cross country Até hoje é uma égua que não é montada por clientes, a não ser que tenham mesmo muita experiencia. É muito activa, parece que está sempre a dançar. A Viriata e a Txilli são as éguas que a Ricardina monta e que guiam os passeios pela Herdade.
O Oscar é o mais velhinho, é o avô do grupo. Sofre de stress, provocado pela sua “vida anterior”. Parece estar sempre sério e metido com ele. Curiosamente é um cavalo mais utilizado pela Ricardina quando sente que as pessoas estão com medo de montar. Como ele é receoso, ao ser montado por alguém que também tem medos, sente-se mais confiante e ajuda as pessoas a ultrapassar o medo.
Txilli e Serra
Em 2011 chegaram à Herdade. Estavam as duas prenhas, ninguém sabia. O Guapo nasceu primeiro, em Maio, dois meses depois nasceu o Galileu. O Guapo é filho da Txilli e o Galileu é o filho da Serra. Quando a Ricardina chegou à Matinha ninguém montava a Txilli porque era muito incerta e só queria galopar.
Na altura a Viriata estava um pouco magra porque fazia os passeios todos durante o verão com a instrutora e sentimos que era urgente deixá-la descansar e recuperar. Começámos a trabalhar com a Txilli durante esse hiato. Após dois dias de conversa “silênciosa”, a Txilli revelou-se uma óptima companheira. Uma égua rapidissima, cheia de energia que dá duas voltas seguidas à herdade a galope. A sua resistência deve-se a ter um pouco de sangue árabe. É uma égua de um só cavaleiro pois tem muita personalidade. Quando não é montada é muito dócil e afável.
Guapo e Galileu
O Guapo e o Galileu não eram montados quando a Ricardina chegou à Matinha. Começou a treiná-los e pouco tempo depois estavam a ser montados pelos nossos Clientes. São os dois muito generosos e têm personalidade muito distintas. O Galileu é lento, pausado, sereno, confiante e maduro. O Guapo é muito menino, gosta de brincar, é mais curto no corpo, mais fino, mais rapido e tem mais fidiculdade em concentrar-se. Um adolescente que adora brincar e não se leva muito a sério. Adora correr atrás do Miki e da Mimosa só por brincadeira.
Elle
A Elle nasceu na Matinha. A sua mãe é a Viriata, o pai o Guapo e a Txilli é a avó (mãe do Guapo). Como foi rejeitada pela Viriata à nascenca, foi adoptada por uma égua que entretanto já não está na Herdade, a Francesca. Ao todo teve três mães: A Ricardina e a Sónia que lhe davam leite pela garrafa de meia em meia hora e chegaram a dormir com ela na boxe e a Francesca que lhe conseguiu transmitir amor e ser um exemplo de mãe. A Elle é uma forçaa da natureza e também é um muito mimada. Reclama quando tem que treinar, tenta fugir e fazer só o que lhe apetece. É ciumenta e com os visitantes não é muito amigável. É um pouco introvertida com desconhecidos e saba que é especial.
Corleone
O Corleone chegou à Matinha em 2016. Ao início não se dava com nenhum dos outros cavalos, roubava-lhes a comida e chegou a líder do grupo, o que deu origem ao seu curioso nome. Assustava-se com humanos e não deixava que ninguém lhe tocasse. Decidimos que durante o Verão não lhe iriamos pedir nada, para se habituar à nova casa e descansar. Em Setembro treinámos durante uns dias e fomos tentando a sociabilização ao seu ritmo. Hoje é um dos cavalos mais afáveis e fáceis de montar da Herdade. Não se assuta com nada e é um excelente amigo e companheiro de passeio.
Mimosa e Miki
A Mimosa e o Miki são irmãos e chegaram à Matinha em 2009. São inseparáveis e andam sempre juntos pela Herdade. Onde está um está o outro. Parecem póneis mas na verdade são de uma raça Austriaca chamada Halflinger. As crianças adoram-nos e são os cavalos mais usados nos workshops e nos passeios com os mais pequenos. O Miki é o “cool”, sempre relaxado e de trote suave. A Mimosa com as crianças é muito calma e atenta mas nos passeios adora fazer trote nas descidas e quer ir sempre à frente. Ficar em segundo para ela é humilhação! Venha conhecer os nossos cavalos e descobrir como são parecidos connosco.
Óscar e Viriata
O Óscar e a Viriata chegaram em 2010. São os dois Puro Sangue Lusitano. A Viriata antes de vir para cá foi treinada para cross country Até hoje é uma égua que não é montada por clientes, a não ser que tenham mesmo muita experiencia. É muito activa, parece que está sempre a dançar. A Viriata e a Txilli são as éguas que a Ricardina monta e que guiam os passeios pela Herdade.
O Oscar é o mais velhinho, é o avô do grupo. Sofre de stress, provocado pela sua “vida anterior”. Parece estar sempre sério e metido com ele. Curiosamente é um cavalo mais utilizado pela Ricardina quando sente que as pessoas estão com medo de montar. Como ele é receoso, ao ser montado por alguém que também tem medos, sente-se mais confiante e ajuda as pessoas a ultrapassar o medo.
Txilli e Serra
Em 2011 chegaram à Herdade. Estavam as duas prenhas, ninguém sabia. O Guapo nasceu primeiro, em Maio, dois meses depois nasceu o Galileu. O Guapo é filho da Txilli e o Galileu é o filho da Serra. Quando a Ricardina chegou à Matinha ninguém montava a Txilli porque era muito incerta e só queria galopar.
Na altura a Viriata estava um pouco magra porque fazia os passeios todos durante o verão com a instrutora e sentimos que era urgente deixá-la descansar e recuperar. Começámos a trabalhar com a Txilli durante esse hiato. Após dois dias de conversa “silênciosa”, a Txilli revelou-se uma óptima companheira. Uma égua rapidissima, cheia de energia que dá duas voltas seguidas à herdade a galope. A sua resistência deve-se a ter um pouco de sangue árabe. É uma égua de um só cavaleiro pois tem muita personalidade. Quando não é montada é muito dócil e afável.
Guapo e Galileu
O Guapo e o Galileu não eram montados quando a Ricardina chegou à Matinha. Começou a treiná-los e pouco tempo depois estavam a ser montados pelos nossos Clientes. São os dois muito generosos e têm personalidade muito distintas. O Galileu é lento, pausado, sereno, confiante e maduro. O Guapo é muito menino, gosta de brincar, é mais curto no corpo, mais fino, mais rapido e tem mais fidiculdade em concentrar-se. Um adolescente que adora brincar e não se leva muito a sério. Adora correr atrás do Miki e da Mimosa só por brincadeira.
Elle
A Elle nasceu na Matinha. A sua mãe é a Viriata, o pai o Guapo e a Txilli é a avó (mãe do Guapo). Como foi rejeitada pela Viriata à nascenca, foi adoptada por uma égua que entretanto já não está na Herdade, a Francesca. Ao todo teve três mães: A Ricardina e a Sónia que lhe davam leite pela garrafa de meia em meia hora e chegaram a dormir com ela na boxe e a Francesca que lhe conseguiu transmitir amor e ser um exemplo de mãe. A Elle é uma forçaa da natureza e também é um muito mimada. Reclama quando tem que treinar, tenta fugir e fazer só o que lhe apetece. É ciumenta e com os visitantes não é muito amigável. É um pouco introvertida com desconhecidos e saba que é especial.

Formação e Coaching

O nosso Centro Hípico é coordenado pela Ricardina Menezes, que concilia a sua formação académica em Psicologia do Desporto com a vasta experiência com cavalos e é responsável pelos passeios com crianças e adultos de todos os níveis de experiência.

Adicionalmente desenvolvemos acções de formação e coaching com o precioso auxilio destes nobres e belos animais. Trabalhamos conceitos como a Liderança, a coordenação e trabalho em equipa, a Inteligência Emocional e a Confiança dos indivíduos e das equipas.

Inscrever Formação
Reservar
Reservar